Ferramentas? Qual a sua intimidade com elas?

A algum tempo, o uso de ferramentas deixou de ser algo exclusivo para homens, passando a ser algo simples e corriqueiro na vida de muitas mulheres.
Embarcando na fase “do it yourself”, ou seja, faça você mesma, é possível criar, consertar, modificar tudo aquilo que você possa imaginar, dando um novo ar para um móvel antigo, produzindo novos itens de decoração, ou até mesmo fazendo pequenos consertos em sua casa.
Quantas vezes já se deparou com um imprevisto ou com algo que gostaria de fazer – como colocar um quadro, por exemplo – e se achou incapaz para tal feitio?
Pois é, muitas mulheres enfrentam o “medo da furadeira”. E pensando nisso, separamos algumas dicas que irão te ajudar a vencer essa barreira.
Portanto, mãos a obra!!!
  • Não tenha medo de errar.
  • Para adquirir confiança, comece por tarefas mais simples, como a montagem de uma prateleira.
  • Monte um kit básico de ferramentas: trena (com o mínimo de três metros); martelo; chave de fenda (pelo menos em dois tamanhos); chave Philips (uma pequena e uma grande, para começar); alicates (universal, de bico e de corte); estilete, fitas isolante e veda rosca, pregos e parafusos.
  • Busque por tutoriais na internet ou se prefere algo mais completo, que tal um curso?
  • Pratique!!!

Além das ferramentas e peças básicas, é importante ter alguns cuidados ao realizar  consertos domésticos:

Lembre-se sempre de desligar a chave geral quando for fazer reparos na parte elétrica e feche o registro de água quando for fazer reparos em pias e chuveiros. Além disso, abuse da régua e da trena sempre que for pendurar um quadro ou fazer qualquer outro furo nas paredes para evitar que as peças fiquem tortas e mal colocadas.

Ferramentas em mãos e bom trabalho!!!